Últimas Notícias »


Aposentados 14/2/2020 9:48:29 » Por Maurício Oliveira

Desigualdade social no Brasil cresce


Compartilhar no WhatsApp

 

 

O Brasil tem um longo histórico de desigualdade social. E esse quadro vem piorando. Somente nos quatro últimos anos os pobres ficaram mais pobres e os ricos mais ricos. Essa situação é baseada em dados da Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios (PNAD) publicada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Segundo a PNAD, de 2015 a 2019 a renda da metade mais pobre da população caiu 17,1% enquanto a renda dos 1% mais ricos subiu 10,11%. Essa forte concentração da renda é o resultado do aumento do desemprego no país que atinge mais de 12 milhões de pessoas.

 

Um dado importante é que quando o desemprego aumenta o mercado de trabalho passa a diferenciar ainda mais os trabalhadores pelo grau de instrução. Quem é mais capacitado tem mais chance de conseguir um emprego do que quem tem baixo grau de escolaridade. E quem sofre as maiores consequências negativas é justamente a população mais pobre.

 

Emprego com carteira assinada é quase um sonho para o trabalhador brasileiro. O mercado de trabalho, numa situação de crise econômica, não consegue absorver o grande contingente de brasileiros disponíveis. Com as novas leis trabalhistas o cenário piora uma vez que os empregos são oferecidos em condições injustas ou desiguais, e geralmente com redução de direitos sociais.

 

Com o desemprego elevado o poder de compra das famílias caiu e isso afeta diretamente no baixo nível do consumo da população e gerando uma grave crise no comércio. Quem não tem emprego não tem o que gastar e quem tem reprime os gastos com medo do futuro.

 

Em termos regionais a desigualdade social cresceu mais nas regiões norte e nordeste.

Outro dado importante é que a taxa de pobreza cresceu, em média, 10,4% ao ano e a taxa de desemprego foi de 20,1% na média do período de 2015 a 2019. Nos últimos anos o país ganhou mais 6,2 milhões de pobres.

 

A ausência de políticas sociais e a crise econômica continuam, no atual governo, a elevar a desigualdade de renda e a aumentar o nível de pobreza da população brasileira.




NOTÍCIAS RELACIONADAS

Cobap − Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas
ST SHCS CR QUADRA 507 BLOCO A LOJA 61 - ASA SUL - BRASÍLIA / DF CEP 70.351-510
Fone: (61) 3326-3168
Horário de funcionamento: Das 08h às 12h e das 13h às 17h

Filial
Telefone: (11) 3361-2098
Horário de funcionamento: Das 08h às 12h e das 13h às 17h

Filial
Telefone: (81) 3132-8336
Horário de funcionamento: Das 08h às 12h e das 13h às 17h

Site: www.cobap.org.br | e-mail: cobap@cobap.org.br

Cobap - Copyright ® 2015, Maquinaweb Soluções em TI - Todos os direitos reservados. All rights reserved

Desenvolvido por Maquinaweb