Últimas Notícias »


Aposentados 2/11/2017 11:58:14 » Por Richard Casal Atualizado em 11/2/2017 12:1h

Governo perdoa dívidas de grandes empresários, mas prejudica servidores e aposentados, aponta Ângela

Temer faz cortesia com dinheiro público para setores da economia


Compartilhar no WhatsApp

A senadora Ângela Portela (PDT-RR) classificou como um pacote de maldades do governo Temer a redução do salário mínimo previsto para o próximo ano, que passa de R$ 969 para R$ 965, e a medida provisória, que adia para 2019 os reajustes dos servidores públicos além de aumentar a contribuição previdenciária dos atuais 11% para 14%.

Ao mesmo tempo em que congela o reajuste dos servidores — negociado para repor as perdas inflacionárias —, e diminui o poder de compra dos aposentados e pensionistas, Temer e sua equipe econômica garantem benesses para grandes empresários que devem aos cofres públicos conforme, descreveu a senadora:

*O governo faz cortesia com dinheiro público para setores da economia, foi assim que o Planalto decidiu prorrogar a adesão ao Refis. É uma forma de liberar as grandes empresas de pagar os impostos que devem. O governo fatura em cima dos servidores e dos aposentados, mas abre mão do dinheiro que teria eu receber dos mais ricos*, concluiu.




NOTÍCIAS RELACIONADAS

Cobap − Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas
ST SHCS CR QUADRA 507 BLOCO A LOJA 61 - ASA SUL - BRASÍLIA / DF CEP 70.351-510
Fone: (61) 3326-3168
Horário de funcionamento: Das 08h às 12h e das 13h às 17h

Subsede
Rua 24 de Maio, nº 250 - 1º Andar - cj. 101 Bairro República - São Paulo CEP 01041-000
Fone: (11) 3361-2098 - Atendimento-SP: (11) 3361-3188
Horário de funcionamento: Das 08h às 12h e das 13h às 17h

Site: www.cobap.org.br | e-mail: cobap@cobap.org.br

Cobap - Copyright ® 2015, Maquinaweb Soluções em TI - Todos os direitos reservados. All rights reserved

Desenvolvido por Maquinaweb